| Telefone: (91) 3222-8742
email

Ampep comemora 45 anos e empossa diretoria

Como forma de celebrar os 45 anos de fundação, que serão completados no dia 12 de agosto, a Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) promoveu na quarta-feira (10) uma solenidade no Espaço São José Liberto, em Belém. Na mesma ocasião foram empossados os integrantes da Assembleia Geral, Diretoria Administrativa e Conselho Fiscal eleitos para o biênio 2016-2018. A parte musical ficou por conta da apresentação do coral do Ministério Público e da cantora Gigi Furtado. O buffet foi do restaurante Pomme D’or e a decoração de Paulo Morelli.

No primeiro momento da cerimônia foi feito um minuto de silêncio em memória do associado Cláudio Bueno, falecido no último dia 3.Em seguida, houve a outorga da comenda de Honra ao Mérito da Ampep. A honraria consta no artigo 65 do estatuto social. São escolhidos associados ou personalidades que tenham contribuído para o aperfeiçoamento da carreira ministerial, indicados por 2/3 da Diretoria Administrativa.

Este ano os homenageados foram o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Luís da Cunha Teixeira e o ex-presidente da Ampep Samir Dahás. O presidente da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Integrantes do Ministério Público e do Poder Judiciário do Estado do Pará (Coimppa), José Melo da Rocha, recebeu uma placa de agradecimento pela parceria sempre constante com a entidade.

Buscando prestar uma justa homenagem aos membros que já presidiram a Associação, a atual gestão preparou uma seleção de fotos relembrando os principais pontos de todas as gestões. Além da leitura de resumos dos feitos mais relevantes de cada diretoria, os ex-presidentes Carlos Aílson Peixoto, Ismaelino Valente, Manoel Santino, Clodomir Araújo, Jorge Rocha, Wilton Nery, César Mattar Jr. e Samir Dahás receberam uma placa parabenizando-os pelos serviços que prestados à entidade e à sociedade paraense. As ex-presidentes Marília Crespo e Graça Azevedo (in memoriam) foram representadas por seus filhos Denise Soares e Márcio Maués.

DISCURSOS

O presidente reeleito Manoel Murrieta falou em nome da diretoria. Enalteceu o trabalho feito pelos fundadores e ex-presidentes ao longo dos 45 anos da entidade. Trazendo o foco do discurso para os dias atuais, ressaltou que é um anseio de todos os integrantes ministeriais ver a instituição crescer e uma preocupação são os dissabores das reações contrárias às suas atuações. “Procuramos a criatividade para enfrentar batalhas. As demandas de exigências básicas como saúde, meio ambiente, educação e segurança deixa de ser apenas reclamos e sim as razões da atuação institucional”, completou.

Relembrou também alguns pontos importantes da gestão passada, como a conquista de elegibilidade dos promotores de justiça para o cargo de chefia ministerial, atenção prioritária aos aposentados, lançamento da Revista da Ampep e do projeto Nossa História, superação de questões vencimentais e, por fim, a realização do 2º Congresso do Ministério Público da Região Norte. Apesar de muitas conquistas, Murrieta afirma que não é hora de descansar. “Somos o 2º no ranking brasileiro de menor quadro de promotores em relação ao número de habitantes. Há ainda defasagem de infraestrutura que impede o membro paraense de realizar suas atividades”, afirmou, apontando algumas das próximas lutas classistas.

A presidente da Associação Nacional do Ministério Público (Conamp), Norma Cavalcanti, foi representada pelo presidente da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), Giovanni Rattacaso, que leu o discurso que seria feito por ela. Justificou a sua ausência por conta do trabalho está sendo realizado em Brasília no enfrentamento a PLP 257 e outros temas relevantes.

A respeito da primeira gestão de Murrieta, o texto destacou a forma correta de vigília e luta diária pela garantia dos direitos e prerrogativas dos membros do MP do Pará. Em nome da Conamp e do conselho deliberativo, elogiou “a atuação, que é merecedora de aplausos pela profícua gestão desenvolvida. E sua participação neste colegiado, cujo brilho e liderança o marcaram de forma indelével para o aperfeiçoamento da atuação do ministério público do Brasil”.

  

O deputado estadual Jaques Neves, que representou o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) Márcio Miranda, desejou uma gestão proveitosa. “O Ministério Público que hoje constitui extrema relevância para o Estado e nós nos sentimos muito próximos. O parlamento encontra-se a disposição do MP e da Ampep”, garantiu.

Em seu discurso, o procurador-geral de justiça Marcos Neves parabenizou a Ampep e almejou que a instituição continue a seguir o caminho de vanguarda. Sobre o atual cenário nacional de lutas e constantes perseguições ao Parquet afirmou que o MP precisa se afirmar todos os dias. “Não podemos baixar a guarda por nenhum motivo. Por isso, desejo que a Ampep continue forte e reivindicando o papel ministerial”, frisou Neves.

Além dos responsáveis pelos discursos acima, também compuseram a mesa oficial a desembargadora Luzia Nascimento, o corregedor do MPPA Adélio Mendes, o presidente do TCE Luís Cunha, o procurador-geral do Ministério Público de Contas Felipe Rosa Cruz, o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Pará (Adpep) Fabio Pires Namekata e o representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Pará, Francisco Cleans Bomfim.

Confira abaixo os empossados:

Assembleia Geral
Presidente: Maria de Lourdes Silva da Silveira
Vice-presidente: Adleer Calderaro Sirotheau

Diretoria Administrativa
Presidente: Manoel Victor Sereni Murrieta
Vice-presidente: Alexandre Marcus Fonseca Tourinho
Secretária: Fabia Mussi de Oliveira Lima
1º Diretor Administrativo e Financeiro: Marcelo Batista Gonçalves
2º Diretor Administrativo e Financeiro: Danyllo Pompeu Colares
Diretora Social e de Relações Públicas: Francisca Suênia Fernandes de Sá
Diretora Cultural e de Publicações: Patrícia de Fátima de Carvalho Araújo
Diretora de Esportes: Francys Lucy Galhardo do Vale
Diretor de Aposentados: Manoel da Silva Castelo Branco

Conselho Fiscal
Presidente: Wilson Pinheiro Brandão
Efetivos: Luiz Cláudio Pinho e Raimundo Antônio Silva Aires

AMPEP – Assessoria de Imprensa
 


Publicado em: 11.08.2016