| Telefone: (91) 3222-8742
email

Ampep pede assessores para promotorias

Um estudo de viabilidade financeira e posterior implantação de cargos de assessoria para todas as entrâncias do Pará. Este foi o tema do requerimento enviado nesta quinta-feira (23) pelo presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep), Samir Tadeu Moraes Dahás Jorge, ao procurador-geral de justiça Marcos Antônio Ferreira das Neves. A base para tal pedido foi a aprovação da criação de 66 cargos de assessores de juízes de 1ª entrância, decisão tomada na última sessão do pleno do Tribunal de Justiça do Estado.

Com estes novos servidores, a Ampep acredita que será menor a carência de pessoal e a distância estrutural entre promotores e magistrados. “No interior do estado, a desigualdade entre juízes de direito e promotores de justiça – no aspecto de estrutura de pessoal – vem causando sérios transtornos aos membros do MP, principalmente aos que atuam nas 2ª e 1ª entrância. A situação que se apresenta exige uma postura de urgência da Administração Superior”, enfatiza Samir Dahás.

Para o presidente da Ampep, os novos assessores seriam um reforço para todos os membros, principalmente aos que muitas vezes cumulam duas ou mais promotorias de justiça. Dahás comenta que “na segunda entrância os juízes já contam com assessores e, com essa nova decisão, até os juízes de primeira entrância passarão a ter tal reforço em suas atuações”.

Acesse aqui o requerimento completo.

 

AMPEP – Imprensa
 


Publicado em: 23.01.2014