| Telefone: (91) 3222-8742
email

Ampep prestigia posse do novo Ouvidor-Geral

A Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep), por meio do presidente Manoel Murrieta e do 1º diretor administrativo e financeiro Marcelo Gonçalves, prestigiou a posse do Ouvidor-Geral Aldo Saife. O evento foi realizado no auditório do prédio das promotorias de justiça de infância e juventude, na quarta-feira, 3, em Belém. Representantes de diversos órgãos, familiares e integrantes do MPPA também estavam presentes.

A Ouvidoria-Geral é um órgão independente integrante do Ministério Público do Estado. Representa um canal direto e desburocratizado dos cidadãos e servidores com a instituição. O objetivo é manter e aprimorar um padrão de excelência nos serviços e atividades realizadas. Saife ficará no cargo durante o biênio 2014-2016 e é o quinto membro a ocupá-lo.

O novo ouvidor ingressou no MP do Pará no dia 25 de setembro de 1995, por meio de concurso público. Como promotor de Justiça Substituto, atuou nas Promotorias de Justiça de São Geraldo do Araguaia, Xinguara, Oriximiná, Faro, Terra Santa, Óbidos, Juruti, Monte Alegre e Prainha. Exerceu a titularidade das Promotorias de Justiça de Santa Cruz do Arari, Oeiras do Pará, Cachoeira do Arari, Santarém e Maracanã.

  

Atualmente é titular do cargo de 2º Promotor de Justiça da Infância e Juventude de Ananindeua. Exerceu o cargo de coordenador das Promotorias de Justiça de Icoaraci. Foi membro auxiliar do Centro de Apoio Operacional Criminal. Representou o MPPA como seu Gestor perante a Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública – ENASP/CNMP. É Pós-Graduado em Direito do Estado pela Universidade da Amazônia (Unama).

DEPOIMENTOS – O ouvidor-geral do biênio 2012-2014, José Maria Gomes dos Santos, fez seu discurso de despedida reforçando a importância das cartilhas “Ouvidoria, um instrumento de cidadania” e “Ouvidoria, acesso à informação e controle social”. O ex-ouvidor considera ambas de suma importância para a instituição e para a sociedade, já que “o Brasil só viverá um novo momento quando o povo tiver consciência de sua cidadania, pois é atráves do conhecimento que se muda o país”.

Aldo Saife, ouvidor empossado, assegurou que saberá separar o continuísmo da continuidade administrativa, adiantando que todas as iniciativas e projetos feitos pelos ouvidores que o antecederam serão inteiramente executados, aperfeiçoados naquilo que for necessário. “Entretanto, é o meu propósito como ouvidor não ser somente um gestor e prestar serviço de atendimento ao cidadão. Eu quero ir além. É meu desejo tornar a ouvidoria um canal efetivo e permanente de contato entre o Ministério Público e a sociedade. Com o objetivo primordial de divulgar o seu papel institucional de defensor dos direitos sociais individuais indisponíveis”, explicou.

O procurador-geral de justiça, em exercício, Manoel Santino do Nascimento Junior, definiu Saife como um membro atuante e de alta capacidade jurídica. Ao seu antecessor, José Maria Gomes, agradeceu o trabalho, o desvelo e enalteceu a capacidade de organização. Para Santino, “a ouvidoria deve ser o ‘grande ouvido’ que deve auscultar as reclamações da sociedade”.
 

AMPEP – Assessoria de Imprensa
Com informações da Assessoria de Imprensa do MPPA  


Publicado em: 04.12.2014