| Telefone: (91) 3222-8742
email

Candidatos participam de debate na Ampep

Durante quase quatro horas, a Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) recebeu na tarde de terça-feira (2) o debate entre os candidatos a Procurador-Geral de Justiça. Almerindo Leitão, Geraldo Rocha, Marcos Neves e Ricardo Albuquerque aceitaram o convite da Ampep e puderam expor suas propostas de campanha para os associados. O presidente da Ampep, Manoel Murrieta, foi o responsável por mediar o debate.

A participação foi bastante numerosa e cerca de 40 associados acompanharam presencialmente o debate. Já a transmissão online foi assistida por mais de 200 pessoas, tanto por meio do computador quanto por dispositivos móveis. O presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado do Pará (Sisemppa), Hugo Sanches da Silva Picanço, também acompanhou as discussões, juntamente a membros da diretoria.

Dando início aos trabalhos, Manoel Murrieta saudou os candidatos e agradeceu a participação de todos, definindo o momento como um exemplo de democracia. Em seguida, cada candidato teve quatro minutos para fazer a sua apresentação. Por chegar após o horário combinado para o início do debate, o candidato Geraldo Rocha não participou deste bloco. A ordem dos discursos foi sorteada.

Almerindo Leitão declarou se sentir em casa na Ampep e destacou a oportunidade de poder compartilhar tal momento com os colegas. “Com o meu projeto de campanha, eu quero buscar elevar o conceito do Ministério Público e levá-lo a um novo patamar administrativo”, adiantou.

Marcos Neves relatou que durante a sua gestão procurou estar em todas as regiões do Pará, ouvindo de perto os promotores de justiça e conhecendo suas realidades. Relembrou também o apoio que o Parquet recebeu da sociedade durante a PEC 37. “Quero continuar construindo um Ministério Público com a participação de todos os membros”, afirmou.

Ricardo Albuquerque frisou que possui visão interna e externa da instituição, porém acredita que o contato com o público merece maior destaque e cautela. “Me preocupo com a relação do Ministério Público com a sociedade e também com a qualidade do serviço que estamos prestando. Centrei todas as minhas propostas de campanha neste fato”, finalizou.

Na segunda parte do debate, cada candidato teve direito a fazer e responder duas perguntas sobre os temas movimentação na carreira, valorização vencimental, infraestrutura e questões institucionais. O último bloco foi reservado às perguntas vindas da plateia e também do público online. Foram abordados temas como o andamento do edital 002/2014, necessidade das sessões de admissibilidade, garantia das prerrogativas ministeriais, pagamento de plantões e a elegibilidade dos promotores de justiça. A eleição que vai formar a lista tríplice irá para o governador Simão Jatene será na sexta-feira, dia 5 de dezembro.

Veja abaixo mais fotos do debate: 

 

AMPEP – Assessoria de Imprensa


Publicado em: 02.12.2014