E-mail e Telefone

| Telefone: (91) 3225-0814
email

Congresso estadual homenageia jurista paraense

Congresso estadual homenageia jurista paraense

A  Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) deu início nesta quinta-feira (2) ao VII Congresso do Ministério Público do Estado. Associados, autoridades e servidores lotaram a sala Ariri do Radisson Hotel Maiorana em Belém, local que receberá os dois dias de evento. A primeira parte da programação foi reservada para a entrega do colar do mérito institucional, comenda outorgada pelo Colégio de Procuradores de Justiça paraense. O jurista Zeno Veloso recebeu a honraria, e é também o grande homenageado desta edição do congresso.

Por isso, recebeu ainda uma placa de agradecimento das mãos do presidente da Ampep, Márcio Maués. Este ano, o Congresso está focado em debater a importância dos 30 anos de promulgação da Constituição do Estado do Pará. E Zeno Veloso foi o relator-geral da Constituinte do Pará, em 1989. Sobre a honraria e a homenagem recebidas, Zeno resumiu: “Na minha vida procurei estudar e trabalhar…Sonho de riqueza, não tenho. A riqueza da minha vida tem sido homenagens como essa. Que não tem preço. Não troco isso por qualquer conta de milhões. Esse dinheiro acaba. Mas a emoção fica!”. Em seu emocionado pronunciamento, o jurista relembrou sua antiga relação com o Ministério Público paraense. Ele mostrou à plateia uma emenda proposta em 1979, redigida em conjunto com o então promotor público José Melo da Rocha, onde o objetivo era buscar a nova redação da lei estadual que tratava da simetria entre Judiciário e Ministério Público. O resultado foi satisfatório e aprovado pelo governador da época. “Quase dez anos antes da Constituição de 88, o nosso MP já estava assim. A Constituição paraense foi considerada a mais avançada na época. Lá em 88, criamos um Conselho Estadual de Justiça, que já assemelhava ao Conselho Nacional de Justiça”, relembrou.

O presidente da Ampep, Márcio Maués, contou que o primeiro tema que lhe veio à mente para ser o norte do congresso foi a comemoração dos 30 anos da Constituição do Pará. E, para ele, Zeno Veloso é o símbolo desta Constituição. “Não posso deixar de mencionar a rica produção na área de direito sucessório, de direito de filiação, a participação na comissão da redação do Código Civil de 2002, entre outros feitos. Sua vida é dedicada à docência, é uma forma de viver. Não bastasse toda a sua produção intelectual e atuação profissional, o que o torna realmente especial são a ternura e a generosidade”, declarou Márcio Maués.

 

 

A respeito do evento, o procurador-geral de justiça, Gilberto Martins, ressaltou que é momento para aprimoramento, ouvirmos teses e também para aprender com a experiência de autoridades e professores. O 1° Vice-Presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), Manoel Murrieta, frisou que esta é apenas a sétima edição do congresso estadual paraense, sendo que outros estados já possuem mais edições. “Meu desejo é este evento se torne perene à nossa instituição para que possamos conversar sobre nossos problemas. Minha palavra é para trazer entusiasmo e parabenizar a Ampep pelo evento”, finalizou.

 

 

 

 

 

 

Ainda sobre as perspectivas para o evento, procurador-chefe da república no Pará, Alan Mansur, afirmou que o evento é uma oportunidade para que os participantes discutam todos os assuntos contemplados na programação, para que o Parquet paraense esteja cada vez mais fortalecido. Já Aldo Medeiros, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte, foi convidado a compor a mesa da abertura e também fazer uma breve apresentação a respeito do homenageado do VII Congresso do MPPA. O motivo é especial: ele e Zeno Veloso fazem parte da diretoria do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM). “O professor é um grande entusiasta do IBDFAM. Ele deixou de ser um diretor nacional e hoje é o ‘guru’ do instituto. Deixo o meu registro de quanto todos os advogados que atuam na área amam e têm Zeno como um referencial”, elogiou. 

>> Confira aqui a galeira de fotos com imagens da abertura do VII Congresso Estadual do Ministério Público e da outorga do  colar do mérito institucional. 

Textos e fotos:
AMPEP – Assessoria de Imprensa

 


Publicado em: 03.05.2019