E-mail e Telefone

| Telefone: (91) 3225-0814
email

MP paraense tem novo PGJ

Uma gestão que se preocupe com as questões vencimentais e, principalmente, estruturais do parquet paraense. Esta foi a vontade manifestada pelo presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep), Samir Tadeu Moraes Dahás Jorge, na sessão solene de posse realizada na quarta-feira, 10 de abril, do novo chefe ministerial, Marcos Antônio Ferreira das Neves.

Neves ocupará o cargo de procurador-geral de justiça até 10 de abril de 2015. O decreto de nomeação expedido pelo governador Simão Jatene foi publicado no Diário Oficial também na quarta-feira. (Veja o decreto aqui). Em seu discurso durante a posse, Dahás assegurou que “este procurador contará sempre com o apoio da associação nos objetivos de interesse de nossa classe. Desejo uma administração de sucesso e coloco a Ampep a diposição para cumprir o compromisso estatutário de colaborar com a administração”.

“A classe está madura. E a cada dia amadurece mais. Hoje a nossa classe já se mobiliza em prol de objetivos comuns. Tenho muita felicidade em estar a frente da nossa associação em momentos importantes”, comemorou.

Marcos Neves declarou que se sentiu “duplamente honrado, pela escolha do governador e pela escolha dos membros da instituição. Virada a página, agora temos que nos unir em prol da instituição. Os desafios são enormes para fazer frente às causas institucionais”.

O novo procurador-geral ingressou no Ministério Público em 1983, após aprovação em concurso público. Atuou em comarcas como Tomé-Açu, Bujaru, Santarém, Breves e Bragança. Em 1998, foi promovido pelo critério de antiguidade ao cargo de Procurador de Justiça Criminal. Foi membro do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) em 1999, 2000, 2002, 2003, 2006, 2007 e 2008. No biênio 2011-2013, foi subprocurador-geral de justiça para a área jurídico-institucional.

A posse foi prestigiada por promotores de justiça e servidores da instituição. O presidente Samir Dahás distribuiu entre os associados e diretores presentes o adesivo da campanha contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 37, conhecida como PEC da Impunidade.

Além do presidente da Associação, a mesa oficial foi composta pelo procurador de justiça Manoel Santino Nascimento Júnior, o Corregedor-Geral Adélio Mendes dos Santos, o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Gilberto Valente Martins, o Ouvidor-Geral, José Maria Gomes dos Santos, o secretário do Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ), Luiz César Tavares Bibas, o ex-procurador-geral de justiça, Antônio Eduardo Barleta de Almeida e o presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), César Bechara Nader Mattar Junior.

 

AMPEP – Assessoria de Imprensa
Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério Público do Estado
Fotos: Edyr Falcão


Publicado em: 11.04.2013