| Telefone: (91) 3222-8742
email

Nota de Apoio – PJ Armando Brasil

NOTA DE APOIO

A Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) vem a público manifestar o seu irrestrito apoio ao promotor de justiça militar Armando Brasil Teixeira. O associado foi apontado pelo deputado estadual Carlos Bordalo (PT) como integrante de uma lista de “marcados para morrer” pelas mãos de integrantes de grupos de extermínios e milícias investigados em janeiro deste ano durante Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa).

O deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL) e o próprio Bordalo também fariam parte da lista. Como resultado das investigações da CPI, foram feitas pela Promotoria Militar denúncias contra quinze acusados. Armando Brasil é um promotor de conduta ilibada, reconhecido publicamente por sua atuação combativa em inúmeros casos de grande repercussão.

Ameaças como esta são constantes aos membros do Ministério Público. São tentativas de calar um órgão reconhecidamente aguerrido e que honra o seu compromisso em zelar pela sociedade. A Ampep, enquanto órgão de defesa da classe, adianta que cobrará que as instituições competentes realizem as necessárias diligências para zelar pela vida dos ameaçados.

 

A Diretoria   


Publicado em: 02.07.2015