| Telefone: (91) 3222-8742
email

Nota de Esclarecimento – PJ Armando Brasil

A Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) vem a público prestar apoio e postar-se ao lado do associado Armando Brasil Teixeira, promotor de justiça militar. Esta associação esclarece o desentendimento descrito em notícia veiculada no site oficial da Ordem dos Advogados Brasil (OAB), secção Pará, em razão de episódio envolvendo a advogada Rosane Baglioli.

Os acontecimentos se deram em razão de debate por ocasião da inquirição de cliente da advogada em Procedimento Investigatório Criminal que apura graves condutas de militares, sob a presidência do associado. A altercação e o debate são costumeiros entre advogados e promotores de Justiça. Porém, em nenhum momento houve desrespeito as prerrogativas da advogada, ao invés o associado que se sentiu desrespeitado.

Importante também repor a verdade. A Ampep se fez presente no local e agendou reunião com os interessados. Entretanto, na impossibilidade de comparecimento, a Comissão de Ética da OAB Pará tratou pessoalmente com o Dr. Armando Brasil. Torna-se necessário frisar que o episódio verificado ocorreu na realização de ato em procedimento investigatório que apura gravíssima conduta e o Parquet paraense não irá recuar ou deixar se levar por eventuais estratégias para evitar a apuração dos fatos. Nesta trilha, o nobre promotor já solicitou a apuração junto à Polícia Civil por eventual conduta ilícita, diante de inverdades publicadas e apresentará a devida representação em face da profissional da advocacia.

De qualquer sorte, a Ampep reafirma que nenhuma atitude irá manchar a conduta profissional do promotor de justiça Armando Brasil, reconhecidamente competente e aguerrido na realização das suas atribuições e defesa da sociedade. A lhaneza e a coragem funcional do promotor não se abalarão com este pequeno episódio. A Ampep, desse modo, repudia a intolerância nos debates e qualquer estratégia para afastar o Promotor da presidência das investigações e registra que permanece ladeada ao associado, bem como deseja que acontecimentos desta natureza não se repitam.

A Diretoria
 


Publicado em: 20.06.2016