E-mail e Telefone

| Telefone: (91) 3225-0814
email

Nota – PJ Savio Ramon

NOTA DE DESAGRAVO, REPÚDIO E APOIO


A Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep), entidade de classe que congrega todos os membros do Ministério Público do Estado do Pará, vem a público desagravar, repudiar de forma veemente e demonstrar seu irrestrito apoio a Sua Exa. Dr. Savio Ramon Batista da Silva, promotor de justiça de Jacundá, investido nas funções eleitorais e que investiga distribuição de favores materiais em troca de voto. O competente Promotor Eleitoral foi alvo de ataques e inverdades por parte do advogado Eduardo dos Santos Souza nas redes sociais, o qual busca tumultuar investigação de crime eleitoral, onde quer fazer crer que o membro do Parquet não respeitou as garantias profissionais da advocacia.

As palavras do advogado são inaceitáveis, pois a pessoa inquirida no procedimento investigatório figura como testemunha. Não foi negado acesso às declarações da declarante, apenas foi garantido o sigilo e a liberdade das declarações das testemunhas tomadas pelo promotor de justiça eleitoral, sem influência de agente externos e interesses estranhos à regularidade do processo eleitoral.

Assim, esta Associação repudia qualquer ato de intolerância, estratégia jurídica ou inverdades com único fito de denegrir a imagem de um Promotor imparcial e aguerrido na defesa da sociedade. Giza esta entidade, com tintas fortes, que nenhum membro do Ministério Público hesitará em enfrentar quem quer que seja que se afaste dos ditames da Lei e sem titubear esta associação e seus associados agirão de forma veemente contra qualquer ato atentatório ao sistema jurídico.

Por fim, esta entidade classista informa que está prestando total apoio ao Promotor de Justiça, inclusive garantindo medidas judiciais, caso se façam necessárias, notadamente por denunciação caluniosa.

A DIRETORIA
 


Publicado em: 28.09.2016