AMPEP

Notcias

Home / Notcias / I Corrida do MPPA congrega sade e cidadania

I Corrida do MPPA congrega sade e cidadania

Data: 03/12/2017


Corredores são recebidos com banda e muita animação em frente ao MPPA

O Portal da Amazônia recebeu neste domingo (3) cerca de mil atletas amadores que participaram da I Corrida do MPPA. O evento esportivo visa difundir e estimular a prática de atividade esportiva de corrida de rua e caminhada entre membros e servidores do Ministério Público, além de magistrados e a comunidade, para melhoria da qualidade de vida, inclusão social, integração de pessoas e defesa da cidadania.

A I Corrida do MPPA faz parte da Semana do Ministério Público que iniciou no dia 1 de dezembro e segue até o próximo dia 15 com programação na capital e no interior. Segundo o Procurador-Geral de Justiça, Gilberto Valente Martins, a iniciativa é uma forma de convidar a comunidade para conhecer melhor o trabalho do MPPA. “A corrida envolve uma grande participação da sociedade e é demonstração que o Ministério Público é a casa do cidadão”, disse Gilberto Martins.

O evento acontece a partir da união de esforços entre o Ministério Público do Estado (MPPA) e a Associação do Ministério Público do Pará (Ampep). “É um evento para a comunidade, o servidor e o membro. Para todos nós. Para que a gente se integre e tenha cada vez mais motivação, boas ideias, saúde e alegria para melhorar a nossa vida”, disse o presidente da AMPEP Manoel Murrieta.

Para o Diretor-Geral do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento funcional, Rodier Ataíde, os meses de trabalho valeram a pena e refletiram no sucesso do evento. “Eu acho que a palavra é união. União de esforços, união do Ministério Público com a comunidade, de membros e servidores todos voltados para o interesse comum. Toda a equipe trabalhou muito e esse trabalho culminou com essa grande festa”, disse o Diretor-Geral do Ceaf.

 

A Diretora de Esportes da AMPEP, promotora Francys Galhardo, destacou que a iniciativa da corrida surgiu da ideia de incluir o MP no circuito de corridas. “Belém já tem vários segmentos de corrida como Círio, OAB, Sesi, Mulheres. Então, a associação achou que está na hora do MP lançar a sua corrida, para integrar com a sociedade”.

Já o Diretor de Cursos e eventos do Ceaf, José Godofredo, considerou o evento um momento de confraternização. “É uma forma de mostrar que o Ministério Público, além de fiscal da lei, de defender os interesses sociais na parte jurídica, também está mais próximo da sociedade. Esse evento é uma espécie de confraternização de fim de ano com a sociedade paraense”, complementou.

A corrida teve um percurso de 10km com largada e chegada do Portal da Amazônia passando por 19 ruas e avenidas da capital. Algumas delas com cenários de pontos históricos da cidade. Na rua João Diogo, bairro da Cidade Velha, os atletas foram recepcionados com uma grande festa em frente aos prédios do MPPA e AMPEP. O local era um dos pontos de hidratação da corrida. A banda do Corpo de Bombeiros animou a passagem tocando marchinhas. Também teve um percurso mais curto de 5,5km para os participantes que preferiram fazer o percurso apenas caminhando.

Membros, servidores e a comunidade marcaram presença.

A I Corrida do MPPA teve a participação de muitos membros e servidores da instituição, além da comunidade. Veja abaixo os depoimentos:

Adriana Passos, promotora de Justiça.
A corrida foi excelente, saímos no horário, chegamos num tempo razoável. As bandas fizeram toda a diferença no trajeto, dando força e ânimo. A marcações nos quilômetros também avisando o tempo de corrida foi muito bom para ajudar a manter o ritmo e chegar até o final graças a Deus”.

Antônia Carleana, servidora.
“É uma honra estar participando de um evento organizado pelo MPPA, que valoriza a prática de atividade física como um dos itens para melhorar o nosso trabalho, pois a atividade física melhora e contribui muito com o trabalho da instituição”.

Renato Leno, servidor.
“É uma iniciativa muito boa. Isso ajuda no aspecto social, de relacionamento e também no aspecto físico, de saúde mesmo.”


Lucilene Amaral, servidora.
“É importante uma iniciativa dessas porque une a comunidade, membros e servidores, além de incentivar atividade física. É muito importante para a saúde e o bem estar dos integrantes da instituição.”

Jamylle Mansur, servidora.
É maravilhoso o estímulo ao esporte, pois melhora o nosso trabalho. Eu costumo dizer que todo dia de manhã, quando vou para a academia, corrida ou caminhada, começo o meu dia de trabalho bem melhor.

Sargento Edson, gabinete Militar.
“Uma prova como essa é muito importante por causa da qualidade de vida. É fundamental pensar nisso. O gabinete militar não poderia estar de fora dessa prova. Muito importante essa promoção do Ministério Público”.


Alinne Passos, jornalista
“O evento foi muito bem organizado, os pontos de hidratação em lugares estratégicos e seguros, ruas interditadas. Tudo isso é muito importante para quem corre na rua, principalmente em Belém, onde não tem muito ordenamento na cidade, então a gente corre muito risco. As bandas ao longo do percurso animaram bastante as pessoas, que entraram no ritmo aplaudindo os participantes”.

Rui Castro, servidor.
“É uma grande festa para o MP. É a primeira corrida, foi um sucesso, a organização foi boa. Participei da caminhada de 5km e consegui superar as minhas expectativas, pois estava parado a muito tempo”

Lucicleide Monteiro, servidora.
“Foi uma corrida muito bem organizada, com vários postos de hidratação. O importante é participar, porque o que se busca em primeiro lugar é o bem estar, é a saúde do corpo e da mente, principalmente. Estou muito feliz de ter participado da I Corrida do MPPA.”

 

Premiação teve 12 categorias

A I Corrida do MPPA teve 11 categorias sendo 18 (masculino e feminino), 30 (masculino e feminino), 40 (masculino e feminino), 50 (masculino e feminino), 60 (masculino e feminino), 70 (masculino e feminino) que eram as categorias de faixa etária, além das categorias Membro do MP, Magistrado, Servidor do MP, Organização, Pessoa com deficiência e Superação.

O 1º lugar geral, categoria Comunidade, foi de Ronaldo Ferreira Lopes que veio para Belém somente para participar da corrida. “A emoção foi boa. É a terceira vez que corro em Belém. A duas primeiras eu fiquei em terceiro lugares. Eu precisava muito dessa vitória. Ainda mais aqui em Belém. Gostei muito de correr aqui. Graças a Deus deu tudo certo e consegui ganhar a prova”, comemora.
 


Ganhadores da Categoria Comunidade (1o Lugar geral) e Magistrado Masculino

 

Na categoria Membros do MP o 1º lugar ficou com o Promotor de Justiça Mauro Mendes. “Por ser a primeira corrida do MP valeu a pena. Todo mundo gostou do percurso, muita alegria, passando por um bairro histórico de Belém. Como o MP atua em defesa da cidadania e a corrida está relacionada à saúde, é muito importante essa iniciativa”.

 

Já o segundo lugar dessa categoria ficou com o Procurador-Geral de Contas do Estado, Felipe Rosa Cruz, que também foi apoiador do evento. “É uma satisfação imensa poder fazer parte desse projeto que eu tenho certeza que tem tudo para continuar. O percurso foi muito bem pensado. Só temos a comemorar e a parabenizar o Ministério Público do Estado, a Ampep e a todos os envolvidos nessa iniciativa”.
 


Ganhadores da Categoria Membro do MP e Magistrado Feminino

 

Na categoria Magistrado Feminino o 1º lugar ficou com a juíza da segunda vara de Barcarena, Gisele Mendes, “A emoção de participar e indescritível. Porque é um esforço muito grande correr dez quilômetros. Às vezes a gente corre seis quilômetros, aí a gente para, se sente sem força. Mas aí tem que continuar. A corrida foi muito organizada e está de parabéns o Ministério Público”.

Já o 1º lugar Masculino ficou Geraldo Leite, da terceira Vara do Juizado Especial de Ananindeua. “Estou muito feliz, primeiro por ter participado deste evento importante que foi a corrida do MPPA e depois por ter chegado em primeiro, lugar na minha categoria. Pra mim foi uma grata satisfação. A Iniciativa é muito boa, é uma forma de unir a instituição Ministério Público com a sociedade”.

Na categoria por faixa etária Marlene Esthefanny foi a vencedora na faixa 20 a 29 anos e destacou a satisfação de participar do evento. “Uma emoção maravilhosa, é a primeira vez que eu ganho um troféu. Estou muito feliz. O Ministério Público está de parabéns. A corrida foi muito boa, muito organizada. Sensacional.”
 


Ganhadores nas categorias faixa etária



Ganhadores na Categoria Servidor

 

Na categoria 70 o primeiro lugar ficou com o aposentado Dito Costa que já acumulou mais de 700 medalhas participando de corridas. “Para mim a corrida é saúde. Já participo há 56 anos, com 734 medalhas conquistadas, nunca paguei um médico. Por isso eu digo a todas as pessoas acima de 40 anos para praticarem esporte, pois isso é saúde. Vou para São Silvestre fim do ano para conquistar mais uma medalha”, disse seu Dito orgulhoso.



Troféu organização

 


A I Corrida do MPPA teve o apoio das seguintes instituições: Ministério Público de Contas (MPC), Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SEEL), Secretaria Municipal de Esporte Juventude e Lazer (SEJEL), Unimed Belém, Curso de Idiomas Castilha, Dimagem, Banpará, Belém Alimentos, SICOOB, Chip Belém. Agradecimentos: Polícia Militar do Estado do Pará, Corpo de Bombeiros Militar do Pará, Guarda Municipal de Belém, Marinha do Brasil, Secretaria de Mobilidade Urbana de Belém (SEMOB) e Membros e servidores voluntários do MPPA.

 

Confira a classificação das categorias da corrida

Confira o álbum de fotos da corrida

 

Texto: Mônica Maia (Assessoria de Comunicação do MPPA)
Fotos: Alexandre Pacheco / Nair Araújo / Fernando Alves/Pedro Loureiro