AMPEP

Notcias

Home / Notcias / Nota de desagravo - PJ Marcela Melo

Nota de desagravo - PJ Marcela Melo

Data: 05/05/2018

NOTA DE DESAGRAVO E REPÚDIO


A Associação do Ministério Público do Estado do Pará (AMPEP) vem a público demonstrar seu total apoio a associada Marcela Cristine Ferreira de Melo, Promotora de Justiça de Marituba, em razão da reportagem “Juiza denuncia promotora de Marituba à Corregedoria do MP”. Em reportagem, veiculada em jornais escritos de nossa capital a magistrada afirmou por grave equívoco ou inescusável intenção de macular a imagem profissional da associada, que a mesma não realizou providências em relação a eventual conduta ilícita de servidores da Semas e do MPPA. A Ampep informa que a i. Promotora já fez publicar resposta nos sítios oficiais do MPPA e desta entidade de classe, bem como encaminhou aos jornais que vazaram a matéria. E, desta feita esta entidade de classe repudia as declarações injuriosas em face da associada, pois a mesma é detentora de grande respeito por sua postura profissional, competente e denodada.

Ao passo que lamenta a constatação de que o debate juridico proposto na suspeição da magistrada tenha gerado a ofensiva da mesma e ainda que a própria traga a mídia de forma deturpada uma discussão judicial que a mesma eventualmente seja a responsável por julgar no futuro.A AMPEP reafirma o seu compromisso em defender as prerrogativas dos membros ministeriais e repelir quaisquer interferências ou  iniciativas difamatórias a seus associados. Os membros do Ministério Público pautam seus atos em normas e leis, agindo sempre em prol da sociedade de um modo geral, não sendo aceitável a divulgação de notícias inverídicas com escopo de colocá-los em descrédito junto à sociedade. A Ampep repisa que a conduta de seus associados é pautada pela imparcialidade e repudia a divulgação de notícias inverídicas.

Por derradeiro, informamos esta entidade classista está prestando todo apoio a associada, inclusive com medidas judiciais, administrativas/correcionais no CNJ e na Coregedoria de nosso Estado

A Diretoria