AMPEP

Notcias

Home / Notcias / Ampep prestigia posse de novo promotor

Ampep prestigia posse de novo promotor

Data: 17/08/2018

Pela primeira vez, o promotor de justiça Márcio Maués participou de uma sessão do Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ) na condição de presidente da Associação do Ministério Público do Estado Pará (Ampep). O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) passa a contar com mais um membro, o 348º habilitado a atuar na defesa da ordem jurídica e dos interesses sociais e indisponíveis. O novo integrante da instituição é o jovem bacharel em Direito Carlos Fernando Cruz da Silva, 28 anos, que tomou posse no cargo de promotor de justiça substituto de primeira entrância em solenidade realizada na quinta-feira (16).

Em seu discurso de boas-vindas, o presidente da Ampep citou este fato e fez uma analogia com a posse de Carlos Fernando. “Vossa Excelência e eu estamos, nesta data, iniciando uma nova jornada. O seu desafio é enorme. Escutei nas suas palavras o vigor da juventude. Os desafios jurídicos serão tão grandes quanto os geográficos e sociais. Esteja preparado a enfrentar barco, estrada e todo tipo de dificuldade”, alertou em tom amistoso.

Natural de Belém, o novo promotor é mestre em Direito pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e já ocupou os cargos de auxiliar judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Pará e auditor de controle externo da Procuradoria do Tribunal de Contas do Estado do Pará. Em seu discurso de posse, agradeceu o apoio que recebeu da família para buscar o ingresso no órgão e destacou o orgulho em fazer parte da instituição, pelo compromisso do Ministério Público com a justiça. “Sei que nesta casa encontrarei o apoio necessário para cumprir as minhas funções. Reafirmo o compromisso soberano com a justiça e com o povo brasileiro que deposita um fio de esperança nessa instituição”, disse Carlos Fernando Cruz.

O novo membro iniciará um período de ambientação no MPPA, que inclui a participação em cursos internos sobre o funcionamento da instituição e os deveres dos membros. Após o término desta capacitação, a Procuradoria-Geral de Justiça definirá o município do interior do estado onde Carlos Fernando iniciará a carreira no MPPA.

O procurador-geral Gilberto Martins ressaltou que uma das principais atribuições de Carlos Fernando será combater os atos de corrupção que se alastraram por diversos segmentos da sociedade brasileira. “Hoje temos vários mecanismos para combater este mal que é a corrupção. O Ministério Público está empenhado neste tema. Esse papel exige sacrifício e dedicação, verdadeiro compromisso, mas, acima de tudo, a certeza de que está trabalhando em prol das melhorias sociais que o Brasil precisa”, enfatizou.

Em tom informal, o procurador de justiça e corregedor-geral do MPPA, Jorge Rocha, lembrou que o promotor empossado já é um vencedor por ter conseguido êxito em um dos concursos públicos mais concorridos e cobiçados do país. “O novel promotor tem uma árdua missão pela frente. Quero desejar muito sucesso nesta nova profissão e lembrar que haverá um número imenso de cidadãos que estão lhe aguardando para atendimento”, salientou.

AMPEP - Assessoria de Impeensa
Texto e fotos cedidos pela Assessoria de Comunicação do MPPA