E-mail e Telefone

| Telefone: (91) 3225-0814
email

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA

NOTA DE DESAGRAVO

A Associação do Ministério Público do Estado do Pará – AMPEP, entidade que congrega os membros da instituição, vem perante a sociedade paraense, oferecer manifestação ao teor de nota publicada na coluna Repórter Diário, do Jornal Diário do Pará, na data de hoje, 14.10.2020.

A referida nota informa que o Procurador-Geral de Justiça, Gilberto Valente Martins, reuniu os promotores de justiça integrantes do GAECO, e exigiu atuação destes em desfavor do Governo do Estado, como forma de retaliação por operação realizada pela polícia civil.

Esta entidade esclarece que tal reunião não ocorreu, conforme informações prestadas pelos promotores de justiça integrantes do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado – GAECO, membros do Ministério Público do Estado do Pará que atuam, e sempre atuaram com independência em suas funções, sem admissão de qualquer interferência interna ou externa no cumprimento de suas missões de combater com efetividade as organizações criminosas.

A AMPEP desagrava os seus associados que atuam no GAECO, promotores de justiça que mantém um histórico de atuação sólida, técnica, e imparcial, e assim seguirão de modo inabalável e intransigente em suas atuações de acordo com a constituição e as leis, em defesa exclusivamente dos interesses da sociedade.

Por último, reafirma ser infundada a insinuação de que suas ações estejam baseadas em interesses políticos.

A Diretoria


Publicado em: 14.10.2020