E-mail e Telefone

| Telefone: (91) 3225-0814
email

LEIA A NOTA PÚBLICA DA AMPEP

LEIA A NOTA PÚBLICA DA AMPEP

A ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ – AMPEP, por sua Diretoria, vem a público DESAGRAVAR o seu associado, o Procurador-Geral de Justiça GILBERTO VALENTE MARTINS, em face de matérias publicadas pelo Jornal o Diário do Pará.

Através de matérias e notas que vêm sendo reiteradamente publicadas por meio impresso e eletrônico, o jornal levanta suspeitas acerca do trabalho e da conduta profissional do Procurador-Geral de Justiça, imputando-lhe a prática de atuação política à frente do órgão que dirige, e de interferência na atuação de Promotores de Justiça.

Esta entidade reafirma publicamente sua confiança na forma ética com a qual o Procurador-Geral de Justiça desempenha suas funções institucionais, com respeito ininterrupto à independência funcional dos membros do Ministério Público do Pará, sem qualquer tentativa de interferência política ou de qualquer ordem na atuação do órgão ministerial. Não há registro de episódio dessa natureza e, portanto, não há razão nas informações veiculadas.

É indispensável relembrar que as medidas judiciais recentemente executadas pela Polícia Federal em desfavor de integrantes do governo estadual por meio da Operação S.O.S. são fruto de iniciativa do Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria-Geral da República, e foram autorizadas pelo Superior Tribunal de Justiça. Sobre esse episódio, conforme esclarecimentos publicados pela Procuradoria-Geral de Justiça, todas as informações de conhecimento do MPPA foram repassadas à Procuradoria-Geral da República.

De mais a mais, em conformidade com as normas do Conselho Nacional do Ministério Público, e tal como assegurado a outros membros da instituição, o Procurador-Geral de Justiça dispõe de segurança pessoal e de seus familiares, que é executada por Policiais Militares ligados ao Gabinete Militar do MPPA.

A AMPEP desagrava o Dr. GILBERTO VALENTE MARTINS, atual Procurador-Geral de Justiça do MPPA, de reconhecida idoneidade e competência, e permanece vigilante na defesa dos seus associados.

A Diretoria.


Publicado em: 19.10.2020